Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2013

A SOLIDARIEDADE

A SOLIDARIEDADE

José era mecânico. Qualquer coisa que acontece nas máquinas, José conserta. Mas José seria incapaz de fazer um vestido, ou mesmo cozinhar um almoço. Até a meia sola do sapato quem põe é o sapateiro da esquina.
Outro dia, José conversava com o sapateiro. Este lhe disse: “Graças a Deus a freguesia tem aumentado. Já sou um homem independente”. Quando acabou de dizer isso, a máquina de costurar o couro enguiçou. A agulha não saía do lugar. Bernardo, o sapateiro, ficou assustado. E agora?
Sem aquela máquina, que seria dele? Ainda bem que José estava ali. Virou, mexeu, torceu uns parafusos... e a máquina funcionou!
Bernardo enxugou o suor e, virando para José, disse: “Que sorte você estar aqui, José. Sem você eu estaria frito.” José, sorriu e, só para implicar com o Bernardo, perguntou: “Mas Bernardo, você não estava dizendo aí que, graças a Deus, você é hoje em dia um homem independente”?
Bernardo ia falar. Chegou a abrir a boca, mas pensou melhor e ficou mudo. Sim, José tinha r…