Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

Pais e Filhos

Pais e Filhos  de Legião Urbana

Estátuas e cofres e paredes pintadas Ninguém sabe o que aconteceu Ela se jogou da janela do quinto andar Nada é fácil de entender Dorme agora É só o vento lá fora
Quero colo! Vou fugir de casa Posso dormir aqui com vocês? Estou com medo, tive um pesadelo Só vou voltar depois das três Meu filho vai ter nome de santo Quero o nome mais bonito
É preciso amar as pessoas Como se não houvesse amanhã Porque se você parar pra pensar Na verdade não há
Me diz, por que que o céu é azul? Explica a grande fúria do mundo São meus filhos Que tomam conta de mim
Eu moro com a minha mãe Mas meu pai vem me visitar Eu moro na rua, não tenho ninguém Eu moro em qualquer lugar
Já morei em tanta casa Que nem me lembro mais Eu moro com os meus pais
É preciso amar as pessoas Como se não houvesse amanhã Porque se você parar pra pensar Na verdade não há
Sou uma gota d'água Sou um grão de areia Você me diz que seus pais não te entendem Mas você não entende seus pais
Você culpa …

O HOMEM NU

Imagem
O texto que você vai ler é uma crônica de autoria de Fernando Sabino, mineiro de Belo Horizonte, que nasceu em 1923 e morreu em 2004. Foi locutor de rádio, colaborou com artigos, crônicas e contos em revistas, conquistando muito prêmios. O romance O encontro marcado, de 1956, foi o grande impulso para sua carreira literária. Depois disso, Sabino resolveu viver exclusivamente como escritor e jornalista.
O HOMEM NU
          Ao acordar, disse para a mulher:           – Escuta, minha filha: hoje é dia de pagar a prestação da televisão, vem aí o sujeito com a conta, na certa. Mas acontece que ontem eu não trouxe dinheiro da cidade, estou a nenhum.             – Explique isso ao homem – ponderou a mulher.           – Não gosto dessas coisas. Dá um ar de vigarice, gosto de cumprir rigorosamente as minhas obrigações. Escuta: quando ele vier a gente fica quieto aqui dentro, não faz barulho, para ele pensar que não tem ninguém. Deixa ele bater até  cansar – amanhã eu pago.        Pouco depois, tendo…

O silêncio dos pais

Imagem
O silêncio dos pais


Antes, os pais de família educavam; com maior ou menor acerto, mas educavam. Podemos dizer que na atualidade existem muitos casos de medo a exercer o mando; esse temor em pais desorientados é um fenômeno relativamente recente. E esse medo tem uma estreita relação com o desejo de não sofrer, por um lado, e a falta de informação por outro. Expliquemos isto: existe um medo generalizado ao sofrimento próprio e alheio – fruto possivelmente do anseio de prazer que nos invade -; assim vai ganhando terreno uma política de concessões na educação dos menores.
Aristóteles diz que o homem feliz atuará conforme a virtude e levará as mudanças de fortuna com máximo decoro. Escreve: “difunde-se o resplendor da formosura moral quando um homem suporta com serenidade muitos e grandes infortúnios, não por insensibilidade à dor, mas sim porque é bem nascido e magnânimo”.
A autoridade é tema chave na educação; o problema radica em que muitos pais e diri…

O que fazer quando há suspeita de violência sexual contra uma criança ou adolescente?

Não se deixe enganar: a violência sexual não é um assunto que diz respeito apenas à vítima. Proteger a criança e o adolescente de toda forma de violência é uma responsabilidade do Estado, da família e de toda a sociedade. Quando há suspeita de violência sexual, é importante acionar uma das instituições que atuam na investigação, diagnóstico, enfrentamento e atendimento à vítima e suas famílias: Conselhos Tutelares,Disque 100



http://www.childhood.org.br/como-agir/denuncie


DenuncieFazendo denúncias
Em situações de suspeita ou confirmação de violações de direitos humanos de crianças e adolescentes, ou especificamente de violência sexual (abuso ou exploração sexual) você deve fazer uma denúncia. Informamos abaixo os órgãos do Sistema de Garantia que tem o papel de receber as denúncias, apurá-las e dar o devido encaminhamento e acompanhamento para essas situações: Disque Direitos Humanos – ligue 100
O que é: este é o número da Secretaria de Direitos Humanos que recebe denúncias de forma rápi…

Cartilhas sobre violência sexual contra crianças e adolescentes

Neste espaço, postarei links onde podem ser encontradas cartilhas sobre o tema exposto que servirão de suporte para aprimorar o conhecimento sobre o assunto.


Neste material, você encontrará explanação sobre o que é violência sexual, quais as formas, consequências do abuso e da exploração, quem são os abusadores e onde procurar ajuda.

http://www.tjdft.jus.br/institucional/imprensa/glossarios-e-cartilhas/violenciaSexual.pdf


http://www.childhood.org.br/causas-da-violencia-sexual-contra-criancas-e-adolescentes


NO HELPLINE VOCÊ É ATENDIDO POR UM PSICÓLOGO, COM RESPEITO, ANONIMATO, E ESTRITO SIGILO SOBRE TUDO QUE FOR DITO.

http://new.safernet.org.br/helpline

Como surgiu o 18 de Maio

Imagem
O Dia 18 DE MAIO, é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro e que já alcançou  muitos municípios do nosso país, inclusive onde moro em Conceição do Coité.
Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.                                                Objetivos do 18 de Maio
A proposta do “18 DE MAIO” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma…

Drogas, caminhos de morte.

Imagem
Oi, queridos visitantes,

Aos poucos estarei postando um pouco sobre o tema Drogas e o material pode ser usado nas salas de aula, bem como servir como subsídios para aumentar o conhecimento para a vida de cada um.


O que é o abuso e a exploração sexual

Imagem
VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E   ADOLESCENTES

O que é violência sexual contra crianças e adolescentes?

Não se deixe enganar: a violência sexual contra crianças e adolescentes é o envolvimento destes em atividades sexuais com um adulto, ou com qualquer pessoa um pouco mais velha ou maior, nas quais haja uma diferença de idade, de tamanho ou de poder, em que a criança é usada como objeto sexual para gratificação das necessidades ou dos desejos do adulto, sendo ela incapaz de dar um consentimento consciente por causa do desequilíbrio no poder ou de qualquer incapacidade mental ou física. 

Crianças e adolescentes não estão preparados física, cognitiva, emocional ou socialmente para enfrentar uma situação de violência sexual. A relação sexualmente abusiva é uma relação de poder entre o adulto que vitima e a criança que é vitimizada.

O que pode ser classificado como ato abusivo?

1) Não envolvendo contato físico


Não se deixe enganar: a violência sexual não ocorre apenas quando a criança “perde…

O que é violência?

Segundo Organização Mundial da Saúde (OMS) define a violência como o uso de força física ou poder, em ameaça ou na prática, contra si próprio, outra pessoa ou contra um grupo ou comunidade que resulte ou possa resultar em sofrimento, morte, dano psicológico, desenvolvimento prejudicado ou privação. 

No mundo existem várias formas de violência, por exemplo: o preconceito, as agressões físicas e verbais, o bullying, a homofobia e a violência contra a mulher, entre outras. Elas acontecem quando alguém ou um grupo de pessoas utiliza intencionalmente a força física ou o poder para ameaçar, agredir e submeter outras pessoas, privando as de liberdade, causando algum dano psicológico, emocional, deficiência de desenvolvimento, lesão física ou até a morte.
Tipos de violência:Violência física- Ação ou omissão que coloque em risco ou cause dano à integridade física de uma pessoa.Violência institucional- tipo de violência motivada por desigualdades (de gênero, étnico-raciais, econômicas etc.) Predo…