domingo, 14 de abril de 2013

Gênero “Memórias literárias”-Toda Memória tem uma história

A vida não é a que a gente viveu, e sim a que
a gente recorda, e como recorda para contá-la.
                                        Gabriel García Márques







 Queridos alunos do 3º ano do Ensino Médio turno matutino do Colégio Polivalente de Conceição do Coité,

Estamos dando continuidade ao projeto de Memórias e, portanto, seguem mais dados sobre o mesmo:

Memórias literárias geralmente são textos produzidos por escritores que, ao rememorar o passado, integram ao vivido o imaginado. Para tanto, recorrem a figuras de linguagem, escolhem cuidadosamente as palavras que vão utilizar, orientados por critérios estéticos que atribuem ao texto ritmo e conduzem o leitor por cenários e situações reais ou imaginárias.
 

As narrativas, que têm como ponto de partida experiências vividas pelo autor no passado, são contadas da forma como são lembradas no presente.
 
2ª oficina- 1ª etapa- Conversa com os idosos

  • Individualmente ou em pequenos grupos  conversar com pessoas mais velhas. Podem ser pessoas da própria escola ou de casa – um vizinho, um parente...
Pessoas comuns podem narrar fatos engraçados ou tristes, expressando o modo como sentiram e viveram esses acontecimentos. O que interessa é que as lembranças sejam fortes e significativas para quem as conta.

Os alunos podem iniciar o contato perguntando a essas pessoas se teriam disponibilidade para conversar, emprestar objetos e fotos antigas, contar as lembranças que têm do lugar. Para isso, podem fazer-lhes  perguntas como:


  • O(a) senhor(a) se lembra de alguma passagem marcante da sua vida nesta cidade? Que fato é esse? Por que ele foi marcante? 
  • O(a) senhor(a) tem algum objeto antigo ou foto que lembre essa passagem de sua vida?

Atenção!

O registro é importante. Anotem o maior número possível de informações durante a conversa com a pessoa escolhida.

Em classe, reunidos em pequenos grupos, os alunos devem contar o que ouviram e relatarem o que sentiram ao ouvi-lo, o que consideraram mais interessante na forma como o depoimento foi dado. 


2ª - etapa
 

Vestígios do passado

Fotografias antigas ajudam a recuperar lembrancas do passado. Por isso, devem fazer uma pesquisa na comunidade para localizar e pegar emprestado esse material.

Coletar com parentes e vizinhos fotos antigas, não só da cidade
como de seus moradores, em espaços públicos como prefeitura, casa da cultura, igrejas e até mesmo em estabelecimentos comerciais.
Esse recurso é  importante para que  possam ampliar o repertório em relação a costumes, hábitos, paisagem, formas de agir, de vestir, características de outros momentos da história do lugar onde vivem.
Pergunte aos alunos se eles têm em casa objetos antigos guardados
pela família. Podem trazer cartas, utensílios domésticos, ferramentas, máquinas antigas, roupas, discos ou algum outro
objeto mencionado pelo entrevistado.


As fotos e os objetos são elementos importantes para promover a aproximação com o passado, mas as pessoas são as principais fontes de memória; na verdade, a mais rica delas.


Fonte:
http://escrevendo.cenpec.org.br/Em breve a 3ª - etapa

Caça ao tesouro

Nesse link, você encontra uma nova edição do Caça ao Tesouro https://wwwselmamascarenhas.blogspot.com/2018/10/caca-ao-tesouro.html